Postagens

IMPERATIVO CATEGÓRICO - KANT

Imagem
IMPERATIVO CATEGÓRICO - KANT
TEXTO 01

O Imperativo Categórico
Existe... só um imperativo categórico, que é este: Aja apenas segundo a máxima que você gostaria de ver transformada em lei universal."
Immanuel Kant, A Metafísica da Moral (1797)
Em termos simples, eis o que o grande filósofo alemão Immanuel Kant chamou de imperativo categórico: você deve agir sempre baseado naqueles princípios que desejaria ver aplicados universalmente. Em termos simples, eis o que o grande filósofo alemão Immanuel Kant chamou de imperativo categórico: você deve agir sempre baseado naqueles princípios que desejaria ver aplicados universalmente.
Por que "imperativo categórico"? Imperativo, porque é um dever moral. Categórico, porque atinge a todos, sem exceção. Ao introduzir a ética em sua obra filosófica, Kant fez surgir uma nova versão da antiga Regra de Ouro, aquela regra ditada pelos grandes Mestres da humanidade: "Faça para os outros o que você gostaria que fizessem a você."
Kant ampliou…

Sartre e Nietzsche - textos resumidos

Imagem
TEXTO 01

Jean-Paul Sartre
A liberdade em Jean-Paul Sartre: responsabilidade, angústia e má-fé
Não há nada que possa eximir o homem da sua condição de ser livre e, consequentemente, da sua condição de responsabilidade diante de seus atos.7 Barreiras psicológicas, históricas ou socioeconômicas não são capazes de ofuscar a liberdade. Clique aqui e veja!
Célebre retrato de Sartre caminhando nas dunas de Nida, na Lituânia, em 1965. Na imagem, vemos o filósofo projetando a sua sombra nas areias, representando a ideia existencialista de que é o homem, através da projeção da sua vontade no mundo, que constrói a si mesmo e o seu próprio caminho.3 Foto: Antanas Sutkus Um dos conceitos fundamentais da filosofia existe17ncialista sartriana é o de liberdade, uma vez que, para o filósofo, o homem está condenado a ser livre e toda a sua existência decorre desta condição. Assim, frente a uma decisão, o homem percebe o seu total desamparo, já que não há nada que possa salvá-lo da tarefa de escolher; em sum…

EXERCICIOS DE FILOSOFIA - Logica

EXERCICIOS DE FILOSOFIA
Professor: Odilon cuti

Aluno (a):_____________________________________________________________________
Data:____/______/______


Questão 01

Analise cada trecho abaixo e coloque V ( para as VERDADEIRAS ) e F ( para as FALSAS ).

I.(    ) As leis de oposição regem as relações entre as premissas.
II.(    ) Contraditórias: se um modo é verdadeiro, o outro é falso;
III.(   ) Contrárias : ocorre apenas nos modos A e E. As premissas contrárias entre si não podem ser verdadeiras ao mesmo tempo, mas podem ser falsas ao mesmo tempo;.
IV.(    ) Subcontrárias  as premissas não podem ser falsas ao mesmo tempo, mas podem ser verdadeiras ao mesmo tempo. Pois se assim forem, as contrárias de quem elas são contraditórias serão simultaneamente verdadeiras, o que é um absurdo.

A ordem dos trechos acima está na alternativa: ( Circule a letra escolhida )

a)V , V , V, V
b)F , F , F, V
c)V , V , V, F
d)V , F , V, V
e)F , F , V, F

Questão 02 –

Analise cada trecho …

TRABALHO TOTALIDADE 8

Imagem
Caro aluno, você tem dois textos de referência para a resolução das questões no final .
( Copie e responda no caderno ).




TEXTO 01
Resumo sobre os Contratualistas (Locke, Hobbes, Rousseau)

Durante o período entre os séculos XVI ao XVIII surgiram correntes teóricas que visava refletir e tentar explicar como provavelmente se deu a criação do Estado, como a sociedade se comportava antes deste e quando os indivíduos sentiram a necessidade de sua criação. Os pensadores desta corrente filosófica tinham como base que o Estado havia sido criado por meio de um suposto contrato social. Entre os contratualistas mais famosos estão Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau. Apesar de que todos os três acreditavam que o Estado havia se formado a partir de um contrato social, existem algumas divergências no pensamento de cada um em relação ao caminho tomado para a consolidação do pacto.
Thomas Hobbes (1588 – 1679) em sua obra “Leviatã” discorre sobre o estado de natureza, o contrato social que os …

TRABALHO TOTALIDADE 7 - SVS

Imagem
CARO ALUNO ...
Abaixo você tem três textos. Leia-os e responda aos questionamentos no final. Vale nota.
( Copie e responda no caderno ).



TEXTO 01

Filosofia Política na Antiguidade

            O problema social – sua organização, seus mecanismos – e, com ele, o problema político[1], tem ocupado os filósofos em todos os tempos. No próprio contexto de surgimento e nascimento da filosofia na Grécia antiga é possível perceber o quanto o discurso político, ao valorizar o pensamento racional, contribuiu para a emergência do discurso filosófico. É também na Grécia antiga que vamos encontrar os primeiros mestres do desenvolvimento do pensamento político, sobretudo no período histórico conhecido como período clássico.             A história da humanidade – parafraseando o filósofo alemão Karl Marx – é basicamente a história das ideias e da luta pelo poder, das lutas travadas por indivíduos, grupos ou nações para conquistar, manter ou ampliar o poder político. Essas lutas podem ser: a) violentas, na fo…